MINHA FILHA
 
 

Geraldo de azevedo

Minha filha, minha poesia
Minha luz de cada dia
Que clareia o meu sorriso
Com olhos lindos, radiantes
nas cores do arco-iris
Meu tema de inspiração
O prêmio que a vida me deu
Como se fosse um abraço
Abraçando a minha vida
Um sonho realizado
Amor por mim inventado
Luz divina e reluzente
Luz de toda uma vida
Que não para de brilhar
Como se fosse uma estrela
Iluminando os meus dias
Faz pulsar meu coração
És Uma roseira florida
Um anjo em forma de gente
Com jeito de passarinho
Que Voa livre nos céus
parecendo um beija-flor
Não há poema que te sirva
Na minha vida, minha filha,
Eu te amarei para sempre
Deus te abençoe eternamente.